9 Passos para abrir uma empresa MEI

Microempreendedor Individual - MEI,

Certamente trabalhar com microempreendedor individual é o sonho de muitos brasileiros que trabalham por conta própria.  Além disso, você sabe que está seguro e pode conquistar mais clientes pois tem uma empresa legalizada.

Com a finalidade de movimentar a economia, o processo para abrir uma empresa MEI é bastante simplificado. Como resultado, em pouco tempo, você pode começar a trabalhar e ganhar dinheiro sendo dono do próprio negócio.

 É provável que, ao procurar esse artigo significa que possui dúvidas sobre o processo de cadastro como microempreendedor, não é mesmo?

Calma, estou aqui para te ajudar! Separei um guia completo com o passo-a-passo para virar MEI.

Continue lendo!

Com o propósito de se formalizar e ter estabilidade e segurança, para abrir sua empresa é preciso fazer:

1. Acesse o portal do empreendedor

Em primeiro lugar, no site é possível se formalizar como MEI, para isso basta realizar o seu cadastro e informar seus dados. Na tela nova inscrição, serão solicitados os dados:

  • Data de nascimento
  • CPF

Se acaso você tiver declarado o imposto de renda é preciso informar o número do recibo da sua declaração mais recente do IR. Por outro lado, as pessoas isentas de declaração devem fornecer o número do título de eleitor.

2. Preencha seus dados de identificação

Em seguida, essa nova guia no portal do empreendedor irá pedir suas informações gerais. Como os dados do sistema estão interligados essa fase é mais para verificar os campos preenchidos pelo sistema.

Nesse sentido, com as informações dadas na tela anterior as informações requeridas são:

  • Número de identidade
  • Órgão emissor
  • UF do órgão emissor
  • Telefone de contato (fixo ou celular)
  • E-mail
Identificação 1 - 9 Passos para abrir uma empresa MEI

Por conseguinte, chegou o momento de escolher qual vai ser o nome da sua empresa. O nome de fantasia é como as pessoas irão conhecer a firma de agora em diante.

Essa fase é importante, por isso, o ideal é que o nome já esteja escolhido antes de começar o cadastro. Outra informação pedida é o capital social.  Só para ilustrar, o capital social é a quantia em dinheiro que foi investida para criar a empresa MEI.

Não há um valor mínimo, já que, dependendo do setor você pode começar a trabalhar do zero.

3. Descreva a ocupação principal da empresa

Uma vez que o MEI oferece um produto ou serviço, é preciso encontrar a atividade que você pretende realizar na lista do CNAE. Em outras palavras, a Classificação Nacional de Atividades Econômicas engloba os ramos do empreendedorismo e prestação de serviços.

Atividades 1024x696 - 9 Passos para abrir uma empresa MEI

Você vai escolher uma atividade principal e sua atividade secundária. De fato, se houver mais de uma atividade para listar o portal do empreendedor permite até 15 atividades secundárias por MEI.

4. Informe a localização onde a empresa está

Aqui, então, existem duas opções para o microempreendedor:

  • Trabalhar home based: se todo o seu serviço será feito em casa, basta clicar na opção endereço comercial igual ao residencial.
  • Trabalhar em outro endereço: se você trabalha em um escritório ou ponto comercial é preciso digitar o endereço completo de onde a empresa irá funcionar.
Endereço Residencial - 9 Passos para abrir uma empresa MEI

Os dados como CEP, tipo de logradouro, logradouro, bairro, município e ponto de referência são alguns dos campos pedidos.

Após essa parte do cadastro será emitido seu Alvará provisório, já que, em até 180 dias um novo Alvará de Funcionamento estará disponível para retirada na prefeitura onde a empresa MEI está.

5. Estar ciente das declarações do cadastro

Depois de conferir as informações, aparecerá na tela três opções para confirmação:

  • Declaração De Desimpedimento,
  • Declaração De Opção Pelo Simples Nacional E Termo De Ciência E Responsabilidade Com Efeito De Alvará De Licença E Funcionamento Provisório e
  • Declaração De Enquadramento Como Microempresa (ME).
Declarações - 9 Passos para abrir uma empresa MEI

Assim sendo, ao clicar nos campos o documento do MEI está pronto. No seu Certificado da Condição de Microempreendedor Individual estão o número do seu CNPJ e o NIRE.

6. Vá na prefeitura do seu município

Ao passo que, para ter o Alvará definitivo é preciso pegar este documento na prefeitura, é importante entrar em contato com o órgão para saber quando o documento está pronto.

Ainda assim, muitas cidades estão com a opção do Alvará online. No site do município é possível encontrar essa informação.

7. Se cadastre para emitir notas fiscais

As empresas MEI não são obrigadas a emitir nota fiscal se trabalharem apenas com clientes pessoa física.

Todavia, se o seu ramo de atividade tem como consumidores outras empresas o cadastro precisa ser feito o quanto antes.

O empreendedor pode emitir nota fiscal eletrônica. Essa opção é mais prática para quem está começando basta acessar a secretaria da fazenda e ver se o seu estado está na lista de UFs onde esse serviço está disponível.

Por fim, se o seu estado não possuir o serviço ainda a nota fiscal deve ser solicitada na prefeitura.

8. Tome nota das suas receitas e despesas

Agora que você é MEI, se organizar é essencial. Posto que, a cada ano, a Declaração Anual de Rendimentos deve ser enviada no portal do empreendedor anotar suas movimentações mensais facilita a elaboração do documento.

O portal dá a opção de um modelo padrão para colocar os dados de cada movimentação da empresa.

9. Esteja em dia com o DAS-MEI

A arrecadação simplificada do MEI é uma taxa mensal que o empreendedor paga ao exercer suas atividades.

O valor da contribuição mensal do microempreendedor é de 5% do salário mínimo. Os boletos podem ser emitidos todos de uma vez ou mensalmente.

Em síntese, quem trabalha em atividades CNAE ligadas ao setor de serviços paga R$5,00 de ISS. Já MEIs ligados ao comércio e indústria pagam R$1,00 de ICMS.

A data limite para o pagamento da taxa é até o dia 20 de cada mês.

Imagem 2 - 9 Passos para abrir uma empresa MEI

Inegavelmente, abrir uma empresa MEI é uma oportunidade de mudança de vida e inovação. Sabendo que o empreendedor pode ganhar até R$ 81.000,00 por ano sua renda mensal pode ser superior à de grande parte da população.

Estude o mercado, siga essas dicas e tenha sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *